Massas frescas | Massas recheadas

De aparência requintada e sabor singular a massa fresca recheada se apresenta como um dos pratos baseados que merecem mais atenção e conhecimento por parte das pessoas. Embora seu preparo aparente dar mais trabalho do que um espaguete ao molho ou um nhoque, por exemplo, o resultado final que é posto a prova do paladar torna todo o processo envolvido pequeno diante a explosão de sabor.

Capeletii

Refeições que apresentam esse tipo de alimento envolvem um preparo que envolve a massa, o recheio e o molho. O interessante de preparar este tipo de prato de forma artesanal, em casa para comer algo diferente ou cozinhar para aqueles com quem vive, é que existe a possibilidade de escolher os ingredientes que serão utilizados, qual será o recheio e o molho, pensa-los de acordo com a preferência de quem irá saborear a refeição.

Dois exemplos de massas recheadas são os raviólis, velhos conhecidos à mesa de muitas pessoas, e os capelettis. Muito similares, são refeições, por vezes, englobadas na mesma categoria, embora apresentem uma distinção frente a seu formato. Enquanto raviólis devem ser achatados, como pequenos pastéis, os capelettis devem ter um formato de trouxinha. Inicialmente, eram servidos como uma mesma refeição, mas que apresentava recheio e formato diferente, os capelettis eram recheados de carne e vinham parecendo bicos de chapéus e, por isso, receberam esse nome, dado que sua tradução do italiano significa algo similar a chapeuzinho.

Ainda que pareça ser um prato de difícil preparo, as massas recheadas não o são. Só são necessárias um pouco mais de etapas até que o prato esteja pronto e possa ser degustado. Observe, por exemplo, a seguinte receita de Capeletii caseiro, simples de preparar e muito saborosa.

Para essa receita, a qual resulta em uma porção suficiente para duas pessoas, os ingredientes necessários envolvem os que serão dispensados para a massa e para o recheio. Para o preparo da massa são necessários um copo médio de farinha de trigo; dois ovos e uma pitada de sal; enquanto para o molho são precisas duzentos gramas de carne moída e um ovo.

O preparo deve começar pela massa do capeletti, a qual se inicia pondo o sal e a farinha em um recipiente e fazendo com que a farinha forme uma espécie de cratera ao centro, onde serão adicionados os ovos. Feito isso, misture gentilmente os ingredientes até que se forme uma massa homogênea, então coloque o conteúdo sob uma superfície lisa, como uma mesa ou tampo de mármore, e sove buscando obter uma massa lisa e elástica.

Se achar que a massa está seca, bata um ovo e o adicione aos poucos ao conteúdo, até que atinja o ponto ideal. Feito isso, abra a massa com o auxílio de um rolo de macarrão de modo que a espessura final seja fina e corte as beiradas para que fiquem quadradas, cortando-a ainda em quadrados de cerca de 5×5 centímetros.

Com a massa pronta, prepare o recheio, começando por processar ou triturar a carne, em um mixer, por exemplo, ou em algum aparelho que tenha disponível, buscando deixa-la na consistência de patê e mistura-la ao ovo.

Tendo massa e recheio prontos é hora de montar o capeletti. Coloque um pouco do recheio dentro de cada um dos quadrados de massa previamente recortados e os dobre formando um triângulo. Em seguida junte as pontas referentes a parte maior, formando algo semelhante a um chapeuzinho.

O modo de cozer é similar ao de preparo do gnocchi. Leva-se ao fogo uma panela com água para ferver, sendo a quantia o suficiente para cobrir todos os capelettis que foram preparados ou que serão cozidos, e adicione sal à água antes de adiciona-los. Atente-se ao momento do cozimento que é rápido e, assim que o conteúdo boiar, estão prontos para serem retirados do fogo.

A fim de acompanhar essa receita, pode ser interessante o preparo de um molho simples, como o ao sugo, juntamente com mozzarella fatiada por cima. Para o preparo desse molho são necessários apenas de um quilo de tomates maduros; uma cebola média; ¾ de xícara de chá de azeite; sal a gosto e manjericão, caso ache interessante.

De preparo simples, o molho ao sugo, envolve o cozimento dos tomates e posterior trituramento destes em um aparelho como o liquidificador, atentando-se a não bater junto as sementes, peneirando o conteúdo e reservando-o em seguida. O passo seguinte se dá por triturar também as cebolas juntamente a um pouco de água e a fritando em azeite quente, adicionando o tomate e o sal, deixando a partir disso que cozinhe em fogo baixo por cerca de meia hora, mexendo o conteúdo algumas vezes.

Essa é uma receita de fácil preparo e que resultará em um prato de aparência sofisticada e apetitosa, o qual ainda pode sofrer alterações frente ao recheio do capeletti e quanto ao molho, correspondendo às preferências de quem o prepara. Usualmente, esse prato envolve recheios de carne, queijo ou frango, mas nada impede que alterações sejam feitas conforme a criatividade e paladar de cada cozinheiro.

0/5 (0 Reviews)
2018-11-24T08:15:56+00:00